O que aprendi com Jacob Aue Sobol

dscn1087-001

© Fernando Kaskais

O que aprendi com Jacob Aue Sobol

Jacob Aue Sobol é um excelente fotógrafo contemporâneo, nasceu na Dinamarca em 1976 e faz parte da Magnum. Não só as suas imagens são visualmente poderosas mas também exalam sentimentos fortes, e emoção quanto baste. Eis algumas coisas que podemos aprender com ele.

1ºCanalizar as emoções. Há muitos artistas e fotógrafos que usam experiências negativas da sua vida, canalizando-as para criar um trabalho forte e efectivo. Felizmente, poucos de nós tem experiência de algo tão traumático como perder um ente querido muito cedo na vida. No entanto, se isso acontecer a alguém que adora fotografia, e está a atravessar um período negativo da sua vida, pode (e deve) tentar canalizar essa energia para se expressar através da sua fotografia, explorando as suas emoções e sentimentos através das fotos.

dscn1254

© Fernando Kaskais

2º Fotografar num local ao qual nos sentimos ligados. Quando se trata de fotografia, todos nós queremos ser “inspirados” por lugares exóticos, recheados de gente estranha e fotogénica, onde cada imagem capturada seja um sucesso em termos de fotografia. Sobol fotografou em locais tão distintos como a Gronelândia e Tóquio devido a circunstâncias da vida pessoal. No entanto, é fácil ficar entediado e sem inspiração, quando não saímos do mesmo lugar e queremos fotografar coisas diferentes. Mas, se desenvolvermos um projecto em que haja uma grande afinidade e uma certa conexão pessoal, esse projecto pode desenrolar-se até no nosso próprio quintal ou dentro da própria família. Ou seja, podemos fotografar em qualquer lado, temos é de nos motivar para isso.

backup-12912

© Fernando Kaskais

3º Misturar imagem com texto. Normalmente, a maioria dos fotógrafos não costumam ser tão desenvoltos com palavras e textos como são com as imagens. No entanto, Sobol acha importante compartilhar um texto pessoal no seu livro para acompanhar as suas imagens. E explica porquê, “É importante para mim escrever um texto quando sinto que tenho algo a dizer que as imagens não mostram. Quando sinto que as fotos não podem dizer tudo. As minhas fotos são muito emocionais e nunca lidam com algo tangível. Escrever um texto era uma forma de prestar mais atenção aos detalhes da vida quotidiana.” Pessoalmente, acho que um fotógrafo pode (e deve) usar as suas experiências de vida, e combiná-las com a fotografia. Não tem necessariamente que ser a escrita, pode ser a pintura ou outra coisa qualquer. Afinal, tudo isto são formas de comunicação.

backup-11126

© Fernando Kaskais

4º Ser Curioso. Uma das melhores características que um fotógrafo pode ter é a curiosidade. A curiosidade é uma das mais valias das crianças, porque as torna destemidas e abertas ao mundo exterior. A curiosidade na fotografia pode levar- nos a explorar novas áreas e a desenvolver um trabalho interessante. Além disso, a fotografia é uma maneira de nos conectarmos com as pessoas que fotografamos e entender melhor suas motivações, os seus sentimentos e os seus pensamentos. Se estamos curiosos sobre outros seres humanos, as nossas imagens podem ser muito mais íntimas, e mais profundas, criando um vínculo ,mais intenso com aqueles que as vêem.

eyes

© Fernando Kaskais

5º Iniciar novos projectos. Muitas vezes damos connosco a pensar “isto já foi feito antes”. Mas na verdade, o que é que não foi feito antes? No caso de Sobol ele não se preocupa muito em fazer um trabalho original, mas sim em desenvolver uma experiência pessoal que o defina em relação ao mundo. Dizia ele que, “ A minha ambição não é inventar algo de novo, mas viver e experimentar o mundo e as pessoas que amo, e contar essa história usando a fotografia como um diário.” Não é uma má abordagem, até porque praticamente já tudo foi feito antes, mas isso não nos deve impedir de tentarmos a nossa própria versão. Podemos não inovar, mas devemos trabalhar nos nossos projectos porque são nossos, e em princípio, esses mesmos projectos devem deixar-nos felizes, pelo menos enquanto os executamos. Boas fotos.

© Fernando Kaskais

© Fernando Kaskais

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: