Habitar

© FERNANDO KASKAIS

Há rostos sem marca, votados ao anonimato, não são nem belos nem feios, mas atravessados pela ausência, como o desta mulher, uma silhueta frágil, que usa o avental como um emblema. Uma mulher discreta, poupada, pessoa de hábitos.  E como escapar a isso, esta parte da cidade cria hábitos, é a condição essencial para lá viver e dormir descansada. E assim, ela atravessa a praça como se atravessasse a sua sala de estar. O fotógrafo é um mero intruso. 

F. Kaskais Photography

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s